Hipnose para redução de peso

Tema frequentemente abundante em revistas da moda, sobretudo, nesta altura do ano em que a preocupação com o corpo assume um maior relevo. Não faltarão instruções para levar a cabo dietas que prometem reduções fantásticas em tempo reduzido. Esse objectivo pode ser conseguido, mas não é, normalmente, mantido a médio e longo prazo, ocasionando, amiúde, ganhos de peso superiores aos que tinha antes da dieta. Procura-se com a pessoa e, juntamente com um acompanhamento de um nutricionista, que essa redução de peso se faça ao longo do tempo, devagar e com um perfil marcado pela constância, indutor de novos hábitos que irão permitir a manutenção do novo plano dietético. As razões apontadas para a origem do peso extra costumam balizar-se entre o comer muito, comer mal e o sedentarismo.

A hipnose, nesta área, pode trazer um aumento da eficácia das dietas ou planos de perda de peso, de uma forma semelhante à utilizada no plano para deixar de fumar, fazendo uso, entre outras possibilidades, de: sugestões que apelam aos benefícios de perder peso; imaginação guiada que levará a pessoa a contemplar-se perante outro físico ou a controlar-se numa situação ansiogénica; auto-hipnose e auto-controlo.

O tratamento é diferente ao tratar-se de situações em que impera um quadro patológico de problemas alimentares como a obesidade, a anorexia, a bulimia, a voracidade alimentar, etc., em que existem outras questões paralelas a considerar. Nestes casos, há uma relação distinta com a comida, que vai para além do adquirir novos hábitos alimentares. Há uma relação emocional com a comida, em que esta pode servir como meio para aliviar a tensão e a ansiedade ou assumir, até, um jogo de poder no sistema familiar, por exemplo. Pode, em casos mais agudos, ser um problema psiquiátrico onde a medicação poderá ser necessária a par de um estudo e tratamento familiar do problema. Não obstante, a hipnose pode ter também nestas situações um papel fundamental, muitas vezes complementar a outras técnicas e ajudas. Técnicas de regressão ou metafóricas podem ter grande êxito neste enquadramento.

É sempre importante manter um acompanhamento a longo-prazo para averiguar a evolução do processo de perda de peso e a necessidade de algum apoio extra para o continuar.